Anuncie no Noticias Lusofonas
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 director: Norberto Hossi
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Comunidades
Cerca de mil alunos em França sem aulas de português, afirma o PSD
- 22-Oct-2010 - 16:50


Os deputados do PSD pela Emigração José Cesário e Carlos Gonçalves denunciaram hoje que cerca de mil alunos em França continuam sem aulas de língua portuguesa, dois meses depois do início do ano lectivo.


Num requerimento, os deputados afirmam que “em França o número de alunos sem aulas é muito significativo - cerca de mil - e são ainda vários os horários por preencher”.

“Isto leva a crer que a situação está longe de ser resolvida, apesar de o ano lectivo neste país se ter iniciado na primeira semana de Setembro, e de estarmos na véspera do início do primeiro período de férias, momento em que as autoridades de ensino locais comunicam o primeiro relatório de avaliações”, lê-se no documento.

Os deputados dizem ainda que a situação na Alemanha “é parecida”, com “muitos dos alunos sem aulas e vários os cursos que ainda não se iniciaram”.

José Cesário e Carlos Gonçalves afirmam que “esta situação não é aceitável” e que “não se compreendem as razões que levam a que seja possível termos ainda tantos alunos sem aulas”.

Nesse sentido, perguntam ao Governo porque é que tantos alunos ainda não têm aulas de português, e se o Instituto Camões tem os recursos suficientes para o regular funcionamento dos cursos de língua portuguesa no estrangeiro.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
Faro Car Hire  
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona design e programação NOVAimagem - Web design, alojamento de sites, SEO