Anuncie no Noticias Lusofonas
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 director: Norberto Hossi
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Comunidades
Ferro Rodrigues e Vítor Melícias discutem a pobreza entre portugueses em França
- 29-Oct-2010 - 12:42


O padre Vítor Melícias e o embaixador português junto da UNESCO, Eduardo Ferro Rodrigues, estão entre os oradores de um colóquio sobre o combate à pobreza na comunidade portuguesa em França, a realizar no sábado, em Paris.


Como ponto de partida do colóquio está a constatação de que, “embora a maioria dos portugueses residentes em França tenha alcançado um certo desafogo económico, um número crescente de compatriotas enfrenta hoje condições de pobreza e exclusão social”, afirmou o sociólogo Aníbal de Almeida.

“Muitos de nós fomos já confrontados com este tipo de situações, sendo complicado dar uma ajuda eficaz a nível individual”, acrescentou o sociólogo e provedor da Santa Casa da Misericórdia de Paris, instituição que organiza o evento.

Vários especialistas em assistência social estarão no colóquio com Eduardo Ferro Rodrigues, actual embaixador português junto da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), e com Vítor Melícias, que representa a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, da qual foi provedor durante vários anos.

O colóquio foi antecedido, na quarta-feira, por um seminário de formação para funcionários portugueses e franceses que lidam directamente com problemas sociais, realizado no consulado geral de Portugal em Paris.

O projecto da SCMP, explicou Aníbal de Almeida, “está vocacionado para diagnosticar e responder às carências dos reformados de origem portuguesa mais vulneráveis e dos novos emigrantes, mas também dos membros da segunda e terceira gerações”.

Aníbal de Almeida, que trabalha há 40 anos com os emigrantes em França, encontra “uma contradição entre os dados estatísticos e a imagem da emigração portuguesa, repetida pelas autoridades, de uma comunidade trabalhadora, com grande capacidade de poupança, bem integrada e que não recorre muito aos serviços de assistência, ou seja, que tem poucos problemas”.

Os dados disponíveis da Caixa Nacional Francesa de Seguro de Velhice, explicou o sociólogo, mostram, pelo contrário, que “35 por cento dos emigrantes portugueses reformados residentes em França recebem menos de nove mil euros por ano, o que está abaixo do limiar da pobreza neste país”.

“O salário médio para base de cálculo das reformas será baixo e mesmo muito baixo, em certos casos”, sublinhou. Uma amostra representativa da comunidade emigrante revela que o salário médio de um homem era de 13 mil euros por ano e o de uma mulher de nove mil, “mas de apenas quatro mil euros/ano para os serviços domésticos”.

O provedor da SCMP acrescenta aliás que “sente-se uma grande preocupação da comunidade portuguesa no actual debate sobre a ‘reforma das reformas’”.

A situação específica dos emigrantes portugueses, salientou, insere-se num quadro de deterioração geral dos rendimentos num país em que “as reformas perderam 35 por cento do poder de compra nos últimos 20 anos”.

O colóquio “Combater a Pobreza e a Exclusão” está inserido nas primeiras Jornadas Sociais da Comunidade Portuguesa, no âmbito de um projecto da SCMP para o Ano Europeu de Luta contra a Pobreza e a Exclusão Social, com a colaboração da Embaixada e do Consulado-geral de Portugal em Paris e do Consulado de Lyon e ainda da Coordenação das Colectividades Portuguesas de França (CCPF).


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
Faro Car Hire  
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona design e programação NOVAimagem - Web design, alojamento de sites, SEO