NCaster Has not been assigned a template for this catogory. This site is powered by Project ncaster
using defalts layout O líder do MLSTP defende o zelo pela segurança nacional, através da promoção das organizações regionais como a Comunidade Económica dos Estados de África Central (CEEAC) e a Comissão do Golfo.
O candidato reconhece as excelentes qualidades naturais de São Tomé e Príncipe, propícias à instalação de estruturas avançadas de defesa da sub-região, para que no seu conjunto se possa garantir a inviolabilidade das águas e territórios marinhos, que são constantemente palco de pirataria internacional.

Valorizar o são-tomense na diáspora é a outra aposta forte do candidato do MLSTP, para capitalizar o ímpeto e o esforço intelectual, profissional e financeiro existente, como contributo dos concidadãos no estrangeiro ao desenvolvimento do país onde nasceram.

«Vou incentivar o surgimento de Casa de São Tomé e Príncipe nos países de maior acolhimento da nossa diáspora (Angola, Portugal, Gabão e Guiné-Equatorial) e aposto em que a legislação eleitoral possa ter um deputado da comunidade são-tomense no estrangeiro na Assembleia Nacional, para defender os interesses dos emigrantes», concluiu o candidato do MLSTP/PSD, Aurélio Martins.

Aurélio Martins, 45 anos, diplomado em Relações Internacionais pela Universidade Privada de Angola (UPRA), é cabeça de lista e deputado pelo círculo eleitoral de Lobata. O candidato é ainda presidente da Comissão dos Direitos Humanos, Cidadania e Género da Assembleia Nacional, é presidente do Concelho de Administração da FAMA e presidente do maior partido da oposição, MLSTP/PSD.