Anuncie no Noticias Lusofonas
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  CPLP
Acordo Ortográfico fortalece relações entre países lusófonos, diz Illp
- 1-Jul-2011 - 22:49

Chefe do Instituto Internacional de Língua Portuguesa afirma que duas grafias do mesmo idioma impediram, por vários anos, o avanço para difusão do português no mundo.


O novo diretor-executivo do Instituto Internacional de Língua Portuguesa, Iilp, o professor Gilvan Mueller de Oliveira, disse que o avanço do idioma foi impedido pela presença de duas grafias: uma brasileira e outra portuguesa por anos e anos.

Nesta entrevista à Rádio ONU, de Florianópolis, Gilvan Mueller afirma que a implementação do Acordo Ortográfico, em todos os países lusófonos, ajudará a fortalecer os laços de cooperação das nações que falam o português das Américas à Ásia.

Universidade Eduardo Mondlane

“Só temos a ganhar se nós conseguirmos superar esta ideia antiga da língua portuguesa em dois países ou em duas frentes: Portugal e Brasil, e pudermos integrar outros países fortemente. Fiquei sabendo, por exemplo, que as Ilhas Maurícias, que tentam se aproximar da Cplp (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) também, mandaram 20 estudantes para o curso de Letras para a Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo, para terem quadros formados em português para iniciarem o ensino desta língua naquele contexto. Isso mostra como cada país pode ter um papel fundamental na sua respectiva região”, afirmou.

Considerado um dos maiores especialistas em política da língua no Brasil, Gilvan Mueller de Oliveira assumiu a chefia do Iilp em outubro de 2010. O cargo tem ocupação rotativa entre os oito países da Cplp.

Localizado na Cidade da Praia, em Cabo Verde, o Iilp é o braço linguístico dos países lusófonos e tem como objetivo coordenar com todos eles a promoção do idioma no mundo.

Em agosto, o chefe do Iilp deve participar de um fórum na Sibéria que irá debater as preparações para a próxima Conferência sobre Multilinguismo da Unesco.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação de Sites e SEO Algarve por NOVAimagem