Anuncie no Noticias Lusofonas e promova a sua empresa em toda a Lusofonia
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Brasil
Consumo de água por habitante no Brasil é estável
- 11-Sep-2011 - 19:34

Pesquisa divulgada pelo Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento (SANIS), do Ministério das Cidades, indicou que o consumo médio de água no Brasil é estável.

Entre os sectores comercial, residêncial, público e industrial, o consumo está estabilizado na faixa de 150 litros por habitante ao dia. Em 2007 a média de consumo per capita era de 149,6 litros, subindo para 151,2 em 2008. Em 2009 foi registada a média mais baixa, 148,5 litros.

O Coordenador do SINIS, Ernani Ciríaco de Miranda, disse à Agência Brasil que \"para a média nacional, é um consumo bom\", e \"não indica mau uso da água\". Ainda assim, o resultado da pesquisa não constata a conscientização da população brasileira em relação à necessidade de preservar o recurso.

Ele explica que em estados como Rio de Janeiro, Mato Grosso e São Paulo, alguns factores podem contribuir para o consumo, entre eles, Miranda cita o excesso de temperatura, clima mais desfavorável, \"ou pode ser, também, uma indicaçãode consumo perdulário\".

No Rio de Janeiro, onde a média de 2008 para 2009 baixou 20%, Miranda avalia que o índice \"está se aproximando de um patamar de consumo adequado, mas próximo da média nacional\", o que \"é uma boa sinalização\", disse.

As situações mais preocupantes apontadas pelo coordenador são nos estados de Alagoas e Pernambuco, onde o consumo está muito abaixo da média, onde a faixa fica abaixo dos 100 litros por habitante/dia. \"Consumo abaixo ou na faixa de 100 litros/habitante/dia pode indicar uma demanda reprimida\", explica. Ele diz que a população está conectada a rede, mas não recebe demanda na quantidade ideal. \"São soluções técnicas de têm de ser feitas\", acrescenta.

Outro problema apontado por Miranda é o consumo mais alto, que pode indicar \"um consumo perdulário ou uma situação isolada\".

Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 
 
 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design e SEO Portugal / Brasil por NOVAimagem