Anuncie no Noticias Lusofonas e promova a sua empresa em toda a Lusofonia
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Brasil
Após ocupação da Rocinha, polícia inicia buscas à procura de traficantes, armas
- 13-Nov-2011 - 16:26

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, explicou que após a ocupação da favela da Rocinha iniciou-se a fase de buscas no terreno à procura de criminosos, armas e drogas.

\"Essa operação começou há meses em áreas onde essa facção criminosa poderia ter alguma influência. De lá para cá tivemos excelentes resultados, prisões significativas apreensões de armas. E essa fase inicial hoje se encerra e se inicia um trabalho muito mais específico de vasculhamento\", afirmou o secretário em conferência de imprensa transmitida ao vivo pela televisão local.

\"Esse trabalho acabou de começar e não tem data para terminar. O que se tem de concreto neste momento é a libertação dessas pessoas (moradores) da influência do crime e do fuzil. Armas, drogas, (prisão de) pessoas é importante, mas devolver a dignidade de território de quem não tinha há 30 anos também não é pouco\", reforçou.

As favelas da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu começaram a ser ocupadas às 4:09 da madrugada (6:09 de Lisboa) de hoje, com a entrada de mais de uma dezena de veículos blindados e homens das Forças Armadas e do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope).

Às 6:20h locais (8:20h em Lisboa), o comandante-chefe do Bope, tenente-coronel René Alonso, anunciou que território estava tomado pelas forças do Estado.

\"Precisa-se agora de estabelecer no terreno, interagir com a população e começar efectivamente a buscar (procurar) a apresentar os equipamentos criminosos ou pessoas que tenham algo a prestar contas à Justiça\", declarou o secretário de segurança, celebrando o facto de a ocupação ter ocorrido sem um único disparo.

O secretário adiantou que a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) ainda não tem uma data prevista para acontecer e dependerá do andamento das próximas acções e da avaliação dos polícias que ali permanecem.

\"O cronograma (para implantação de uma UPP) será dado pelas tropas que estão na comunidade. São os polícias quem vão dar o tempo em que deve ser feita essa transição. Não tem data, nem tem limite, é algo que tem que ser sentido pela presença da polícia nesse local\", explicou.

As informações iniciais são de que nestas primeiras horas de actuação, a polícia prendeu uma pessoa que era tida como foragido e que estava, alegadamente, relacionado com o tráfico, e apreendeu diversas armas e motocicletas roubadas.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 
 
 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design e SEO Portugal / Brasil por NOVAimagem