Construção e optimização de  web sites - NOVAimagem  - search engine optimization
As Notícias do Mundo Lusófono
Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 director: Norberto Hossi
Pesquisar

em
Notícias

» Angola
» Brasil

» Cabo Verde
» Guiné-Bissau
» Moçambique
» Portugal
» S. Tomé e Príncipe
» Timor Leste
» Comunidades
» CPLP
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
Canais


» Manchete
» Opinião
» Entrevistas
» Comunicados
» Coluna do Leitor
» Bocas Lusófonas
» Lusófias
» Alto Hama

» Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
Serviços

» Classificados
» Meteorologia
» Postais Virtuais
» Correio

» Índice de Negócios
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
Contra Corrente
Jorge Eurico



Bandido(s) trava(m) polícia(s) à galheta!
- 9-Jun-2012 - 11:54

Já não restam dúvidas (para quem ainda as tinha) que a acção (crime) dos homens (criminosos) que estão no «lado certo da vida errada» tomou conta da capital do país. Os bandidos parecem ter perdido o medo. Prova disso é o facto de Higino Carneiro, o seu escolta e o motorista terem sido competentemente desmontados pelos amigos do «alheio». Não tarda, os bandidos vão travar os agentes da Polícia Nacional não à bala, mas sim à galheta nos becos, vielas e avenidas de Luanda.

O segundo comandante da Polícia Nacional em Luanda, comissário Sebastião do Nascimento, considerou (e, na minha opinião, muito bem!) as comissões de moradores e assembleias de condóminos como parceiros privilegiados da corporação, para o combate à criminalidade, na província.



Espero, pois (digo eu), que esta parceria tenha mesmo pernas para andar, pois os moradores da «antiga capital» da cidade de Luanda, a Ingombota (é nesta parcela da cidade onde estão os principais centros políticos e administrativos do país, logo onde tudo é decidido) têm sido vítimas constantes de assaltos à mão armada.



Ante à «inércia» dos agentes da Polícia Nacional, os bandidos tornaram-se mais ousados. Perderam o medo e já executam pessoas dentro de casa. Isto não é (só) publicidade (negativa), é mesmo verdade.



A atestar isso está o facto de elemento (s) desconhecido (s) terem executado, há cerca de quinze dias, um adolescente dentro de casa no prédio onde vivo. Executaram-no sem dó nem piedade com uma bala na cabeça.



Os bandidos estão tão atrevidos, tão afoitos que não se coibiram, segundo se diz à boca pequena, de «desmontar» um político muito conhecido na nossa praça, Higino Carneiro, de seu nome. O escolta e o motorista que o acompanhavam também terão sido «sacudidos» durante o assalto que, segundo consta, terá tido lugar há cerca quarenta dias nas imediações do estádio 11 de Novembro, no Camama.



Já não restam dúvidas (para quem ainda as tinhas) que, definitivamente, a criminalidade tomou conta da cidade. Aliás, quem tem buraco no final das costas não se atreve hoje a curtir as noites de Luanda como há uns tempos.



Em declarações feitas na última sexta-feira à Angop, no distrito urbano da Ingombota, Sebastião do Nascimento advogou o melhoramento das relações entre as comissões de moradores, assembleias de condóminos e a Polícia Nacional.


«Este relacionamento não deve ser apenas na denúncia dos supostos criminosos, num determinado bairro, mas também na sua participação no aconselhamento aos jovens para afastarem-se das práticas anti-sociais», sublinhou.


Acho muito bem, doutro modo corremos o risco de vermos qualquer dia os bandidos a travarem a acção dos agentes da Polícia Nacional não à bala, mas sim à… galhetas.



E quando isso acontecer será sinal de que o Estado angolano perdeu autoridade. Será sintoma de que os homens que andam no «lado certo da vida errada (bandidos)» tomaram conta de tudo (e mais alguma) coisa na cidade de Luanda e querem-na transformar em Rio de Janeiro (Brasil) onde as forças da ordem são obrigadas a saírem de tanques para rua para combater os criminosos.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


Anuncie no Noticias Lusofonas e dê a conhecer a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
Ligações

Jornal de Angola
Sindicato dos Jornalistas
AngolaPress - Angop
Televisão de Angola

Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona design e programação NOVAimagem - Web design, alojamento de sites, SEO